Somengil

Lavagem Industrial / Artigos

Máquina de lavar industrial: como escolher a mais adequada para a sua empresa

Neste artigo vamos ver os passos para a escolha de uma máquina de lavar industrial e como melhorar a área de lavagem do seu supermercado.A área de lavagem de um supermercado tem um papel fundamental na higiene e manutenção dos equipamentos utilizados no processo de venda de alimentos frescos. Neste artigo, vamos explorar as principais variáveis a considerar para melhorar e unificar esta área de lavagem, com vista a alcançar objectivos estratégicos como o respeito pelo ambiente, a redução de energia, a melhoria das condições de trabalho e a segurança tanto para os funcionários como para os consumidores.

Máquina de lavar industrial: como escolher a mais adequada para a sua empresa

Tempo de leitura12 minutos de leitura

2024-04-23 12:51:19

1) Eficiência energética: A otimização da área de lavagem de um supermercado pode começar pela implementação de medidas destinadas a reduzir o consumo de energia. Algumas estratégias a considerar incluem:

- Utilizar equipamentos de lavagem energeticamente eficientes e com selos de certificação energética;

- Implementação de sistemas de recirculação de água, permitindo a reutilização da água em diferentes fases do processo de lavagem. Uma vez que o aquecimento da água é o maior consumidor de energia, se a reutilizar está a poupar energia;

- Automatização dos processos para controlar o consumo de água e energia de acordo com as necessidades reais;

- Integração de tecnologias de secagem eficientes, como secadores de ar quente ou sistemas de centrifugação, para reduzir o tempo de secagem e o consumo de energia. Estas soluções não têm o mesmo consumo de energia: a centrifugação consome menos energia do que a secagem de ar quente.

2. Sustentabilidade ambiental: Para promover sustentabilidade ambiental na área da lavagem, é importante adotar práticas ecológicas. Aqui ficam algumas sugestões:

- Investir em detergentes biodegradáveis e produtos de limpeza certificados, minimizando o impacto ambiental;

- Implementar sistemas de filtragem e tratamento de água para remover impurezas e poluentes antes do descarte;

- Promover a consciencialização dos colaboradores para a importância da poupança de água e energia, através de formação e comunicação interna;

- Incentivar a separação e a reciclagem adequada de resíduos sólidos, como embalagens de produtos de limpeza.

- Incentivar a utilização de recipientes e utensílios reutilizados, de forma a contribuir para uma economia circular e reduzir os resíduos.

3. Condições de trabalho e segurança: A área de lavagem deve ser projectada para garantir a segurança dos funcionários e a eficiência das suas tarefas. Considerar os seguintes aspectos:

- Assegurar a ergonomia adequada do local de trabalho, fornecendo mobiliário ajustável e equipamento adequado aos trabalhadores;

- Implementar medidas de segurança, tais como equipamento de proteção individual (EPI), sistemas de ventilação eficientes para controlar a dispersão de gases ou vapores tóxicos e sinalização adequada para evitar acidentes;

- Manter uma boa ventilação na área de lavagem para minimizar a exposição a produtos químicos e odores fortes;

- Estabelecer procedimentos claros de limpeza e higienização, com instruções detalhadas e formação adequada para os funcionários.

4. Unificar os processos de lavagem: Para conseguir uma maior eficiência e produtividade, é aconselhável unificar os processos de lavagem dos diferentes tipos de utensílios e equipamentos do supermercado utilizados na manipulação de alimentos frescos, como nos sectores da padaria, da carne, do peixe, da charcutaria e dos legumes. Isto pode ser conseguido através de:

- Definição de fluxos de trabalho claros e estandardizados para cada tipo de artigo a lavar, garantindo eficiência e redução de tempo;

- Adoção de equipamentos de lavagem multifuncionais, capazes de manusear diferentes utensílios e equipamentos;

- Utilização de sistemas de rastreio e identificação para controlar e monitorizar a limpeza de cada artigo, garantindo o cumprimento das normas de higiene.

A área de lavagem de um supermercado desempenha um papel fundamental na manutenção da higiene e segurança alimentar. Ao otimizar e unificar esta área, é possível atingir objectivos estratégicos como a sustentabilidade ambiental, a eficiência energética e a melhoria das condições de trabalho e de segurança, ou seja, melhorar os parâmetros ESG (Environmental, Social and Governance). Os decisores devem considerar as variáveis abordadas neste artigo como pontos-chave para a melhoria da área de lavagem, procurando um equilíbrio entre a eficiência operacional e os impactes positivos no ambiente e na qualidade de vida dos colaboradores e clientes.

Com estas medidas, é possível promover um ambiente de trabalho seguro, sustentável e eficiente, em linha com as tendências actuais.

Mas como é que se pode tornar a área de lavagem do supermercado mais eficiente?

É necessário ter em conta aspectos relacionados com a higienização do equipamento, a poupança de recursos como a água e o detergente, a ergonomia diária dos operadores das máquinas e a eficiência global do processo de lavagem, bem como a integração de um sistema de lavagem eficiente nas actividades operacionais.

5. Sanitização: A higienização manual do equipamento no sector alimentar é um processo moroso e dispendioso. Em contraste, um processo de lavagem automático pode ter as seguintes vantagens:

- Redução de mais de 20h no tempo de lavagem e higienização dos utensílios, com uma eficiente lavagem a alta pressão;

- Garantia de lavagem dos utensílios a uma temperatura superior a 80ºC, permitindo a sua higienização por temperatura;

- Sistema de secagem centrífuga, permitindo aos operadores a utilização do equipamento após a lavagem;

- Redução do risco de contaminação, garantindo que todos os utensílios utilizados sejam higienizados e secos de forma uniforme e a cada lavagem.

6. Multifuncionalidade e Eficiência do Processo de Lavagem: Com o objetivo de reduzir o tempo despendido e otimizar a lavagem, a utilização de um único equipamento conduz a uma melhoria interna em todo o processo de lavagem. Estas melhorias reflectem-se nas seguintes formas:

- Facilidade de utilização, com programas de lavagem personalizados, pré-programados e acessíveis num painel tátil de controlo do equipamento de lavagem.

- Libertação de espaço na zona de lavagem com a utilização de um único equipamento.

- Libertação de espaço na zona de lavagem com a utilização de um único equipamento para a lavagem.

- Todos os utensílios são direccionados para um único local, facilitando o processo de lavagem.

Assumindo um papel cada vez mais importante no dia a dia das empresas, um processo de lavagem optimizado e eficiente traz inúmeras vantagens em termos de desempenho operacional.

A higiene, a ergonomia, a multifuncionalidade e a eficiência do processo de lavagem são resultados que advêm da substituição de um processo de lavagem manual por um automático. Neste artigo vamos centrar-nos em dois aspectos muito importantes quando falamos da zona de lavagem de um supermercado: a segurança no trabalho e, não menos importante, a poupança de recursos e a redução da pegada ambiental. Sabemos que o sector da venda de produtos alimentares é um sector altamente regulamentado, no qual devem ser seguidas rigorosas normas de higiene e segurança; sabemos também que um processo de lavagem manual dá pouca atenção à ergonomia e ao conforto do operador, resultando muitas vezes em posições dolorosas e em constante humidade. Com base nestas afirmações, propomo-nos explicar como a adoção de um sistema de lavagem automático e polivalente pode ter inúmeras vantagens no processo de lavagem de um supermercado, quer em termos de segurança no trabalho, quer em termos de poupança de recursos e consequente redução do impacto ambiental.

7. Poupança de recursos: A poupança de recursos e a redução da pegada ambiental estão cada vez mais na agenda das empresas, devido a uma maior consciencialização por parte dos gestores de topo e dos consumidores. O processo de lavagem manual apresenta várias oportunidades de melhoria, que já estão incluídas no processo de lavagem automática:

- A poupança de água é substancial, atingindo na maioria dos casos uma redução superior a 50% em relação ao processo de lavagem manual. A lavagem a alta pressão, sem necessidade de pré-lavagem, com uma temperatura superior a 80ºC e injectores de água multidireccionais ajudam a conseguir estas poupanças.

- Redução do consumo de detergente, que na maioria dos casos ronda os 15%. Esta redução é conseguida com a ajuda de uma bomba doseadora automática durante a lavagem.

- Não menos importante, o consumo de energia também pode ser reduzido. A secagem, que pode ser efectuada com recurso a ventiladores, é dispendiosa em termos energéticos. Ao utilizar equipamento de lavagem automática com secagem por centrifugação, garante que os seus custos de energia são mantidos a um nível mínimo.

- Redução da necessidade de substituição frequente dos utensílios utilizados na produção, devido à higienização diária dos mesmos.

- Redução da necessidade de manutenção, devido à utilização de equipamentos de lavagem de última geração, concebidos para durar.

- Redução da necessidade de manutenção, devido à utilização de equipamento de lavagem de última geração e duradouro.

- Secagem eficiente dos utensílios por centrifugação, reduzindo os custos energéticos e os tempos de espera de secagem.

- Filtragem da água utilizada na lavagem, com filtros internos e redução da poluição das águas pluviais.

Um processo de lavagem optimizado e eficiente é essencial em qualquer empresa e é ainda mais crítico no sector do retalho alimentar para garantir o cumprimento da legislação. A segurança no trabalho deve ser um fator crítico para qualquer gestor de topo, assegurando um maior bem-estar e conforto dos trabalhadores no seu dia a dia de trabalho durante a execução das tarefas de lavagem, e uma redução das quedas e lesões resultantes de um processo de lavagem manual exaustivo.

Estas poupanças conduzem a uma redução considerável do impacte ambiental da empresa, através da poupança de recursos como a água, a energia e o detergente.

A adoção de equipamentos de lavagem industrial com tecnologia de ponta permite obter resultados padronizados de excelência, com menor esforço por parte do operador.

A área de lavagem de um supermercado deve ser multifuncional, automática, uma área limpa, que proteja as condições de trabalho e a ergonomia dos funcionários e que seja eficiente. A adoção de um sistema automático trará inúmeras vantagens, como a redução do espaço necessário para a zona de lavagem e a reunião dos utensílios de produção sujos num único local. Permitirá também tornar este processo mais eficiente, reduzir o consumo e monitorizá-lo a cada lavagem e obter relatórios, simplificando o processo de lavagem.


Regressar

Também pode gostar

Lavadora de caixas: 8 dicas para escolher
Lavagem Industrial / ArtigosArtigos
Lavadora de caixas: 8 dicas para escolher

É essencial para a segurança alimentar, qualidade final e eficiência. Saiba como escolher uma lavadora de caixas.

Postado em 2023-07-20

Pré-lavagem: é mesmo necessária?
Lavagem Industrial / ArtigosArtigos
Pré-lavagem: é mesmo necessária?

A pré-lavagem remove a sujidade de maiores dimensões e prepara uma lavagem mais rápida. Mas será mesmo necessária?

Postado em 2023-06-23

Tony Ventura em entrevista exclusiva
Lavagem Industrial / ArtigosArtigos
Tony Ventura em entrevista exclusiva

Novos desafios, tecnologias emergentes, e um planeta a precisar do contributo de todos.

Postado em 2023-08-04

Menu